BID e BNDES anunciam investimento de R$ 4,5 bilhões para empreendimentos na Amazônia

By Katy Müller 2 Min Read

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) assinaram, nesta segunda-feira (7), uma parceria que irá destinar R$ 4,5 bilhões (US$ 900 milhões) para microempreendedores individuais (MEIs) e pequenas e médias empresas da Amazônia Legal.

A carta de intenções foi assinada durante a Cúpula da Amazônia, evento com o objetivo de retomar o diálogo regional e fortalecer os laços entre os órgãos governamentais dos países amazônicos.

Segundo o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, a iniciativa irá fomentar a economia local e ajudará na preparação para a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP), prevista para ocorrer em 2025, em Belém. “Toda a cadeia de negócios será fortalecida durante esse processo”, declarou.

O Ministério do Planejamento, comandado por Simone Tebet, será responsável por aprovar a entrada desses recursos no Brasil, via Comissão de Financiamento Externo (Cofiex). “Até o final de setembro teremos esse projeto no portal da transparência. É histórico, estamos iniciando um novo capítulo na história ambiental”, concluiu a ministra.

O grupo Coalizão Verde, que conta com a presença de 19 bancos públicos, é o responsável por esses investimentos. A iniciativa tem como principal objetivo garantir a preservação e o desenvolvimento econômico da região amazônica.

O documento foi assinado por Tebet, Mercadante e pelo presidente do BID, Ilan Goldfajn.

Share This Article
Leave a comment